Recortando imagens em lote

Este post é uma rápida dica sobre como recortar imagens em lote.

Indo direto ao ponto:

Para determinar a “área de corte” da imagem (crop):

  1. Abra a imagem em questão com a ferramenta display do ImageMagick.
  2. Abra o menu de comandos clicando com o botão direto do mouse em qualquer lugar da imagem.
  3. Clique em “Transform” e em “Crop“.
  4. Defina a região a ser cortada.

Após este procedimento (que é absurdamente mais simples do que uma descrição sugere), a geometria e recuos estarão disponíveis num box no canto superior direito da imagem e assemelha-se a:

203x153+100+234

É este o exato argumento a ser passado para a opção -crop do convert / mogrify:

convert imagem.png -crop 203x153+100+234 imagem_recortada.png

Para massificar, depende de como estão dispostos os arquivos. Estando todos num mesmo diretório:

xargs -a <(ls *.png) \
      -i \
      convert {} -crop 203x153+100+234 {}_cortada.png

No meu caso, mogrify foi suficiente:

mogrify -crop 203x153+100+234 *.png

Mas como eu cheguei nisto?

Agora um pouco de história…

Recentemente precisei criar uma galeria de imagens a partir de múltiplas capturas de tela (screenshots) de uma aplicação específica. As imagens estavam “boas” mas era necessário manter apenas o conteúdo da janela da aplicação (o “miolinho”), ou seja, remover a moldura e a área de trabalho.

De imediato assumi que as ferramentas de linha de comando do ImageMagick, convert ou mogrify seriam as mais adequadas para o trabalho em lote, contudo, determinar a “área de corte” não era algo que poderia ser adivinhado a partir da linha de comando. Até iniciei o trabalho mensurando as margens pelo Gimp com o objetivo de montar os argumentos para as ferramentas de linha de comando supracitadas, até porque recortar imagem por imagem no Gimp seria tedioso, demorado e desgastante, em outras palavras, poucas chances de atingir um trabalho minimamente aceitável em termos de qualidade.

Fiquei “brigando” com o Gimp para medir a “área de corte” e ajustando manualmente na linha de comando até atingir a área ideal … até que lembrei do comando display também ImageMagick, e o trampo tava pronto!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s